Digital clock

sexta-feira, 28 de junho de 2013

...no avião

quarta-feira, 26 de junho de 2013

A FARSA DOS MÉDICOS CUBANOS

LEIAM, POR FAVOR!

Muita coisa tem sido dita a respeito da ideia de trazer médicos formados em Cuba para preencher uma suposta falta de médicos no Brasil ou para prover atendimento médico em locais onde os médicos Brasileiros "não querem trabalhar". Infelizmente vem sendo feita uma campanha de desinformação com o objetivo de fazer a população acreditar que esta é uma "boa ideia". Portanto, é importante que as pessoas sejam esclarecidas sobre as reais motivações que estão por trás desta medida, sendo que, a última preocupação desta proposta é a preocupação com a saúde dos Brasileiros.

Alguns Dados da História:

Há muitos anos alguns vem sendo condicionados a acreditar que a Revolução Cubana foi um ato heroico promovido por pessoas idealistas como Fidel Castro e Che Guevara. A partir daí se criou uma mitologia de que o Regime Cubano seria um exemplo a ser seguido no Brasil. Muitos participantes dos movimentos de esquerda que foram combatidos pelo regime militar na década de 70 foram treinados em Cuba. É importante esclarecer que estes movimentos, ditos Revolucionários, eram anti-democráticos e tinham o objetivo de implantar no Brasil uma ditadura comunista semelhante à de Fidel Castro em Cuba. Alguns destes revolucionários são hoje membros do PT e do governo do PT e seus aliados: José Genoíno, José Dirceu, Dilma Roussef, etc. Outros são sindicalistas aliciados e iludidos pela ideologia comunista, como é o caso de Luiz Inácio Lula da Silva. Muitos dos intelectuais, inclusive alguns que participaram de atos revolucionários, que autenticamente se deixaram iludir com as supostas motivações humanistas destes movimentos já estão afastados do PT: Marina Silva, Luciana Genro, Hélio Bicudo, Fernando Gabeira. Também escritores, músicos e outras pessoas ligadas à área cultural se deixaram envolver por algum tempo ou até por tempo de mais, com José Saramago, que ao saber da notícia de fuzilamento de presos políticos, em 2007, declarou: "Até aqui cheguei".

Cuba é exemplo para o Brasil?

O regime cubano é uma das mais sanguinárias e longas (mais de 50 anos) ditaduras da história. Aqueles que conseguiram fugir do inferno cubano e não precisam mais temer a represália do regime relatam fatos impressionantes sobre a frieza de Che. Foram centenas de execuções assinadas em poucos meses, e Che gostava de assisti-las de sua janela. Em algumas ele pessoalmente puxou o gatilho. Ao que tudo indica, Che parecia deleitar-se com a carnificina. Até mulheres grávidas foram executadas no paredão comandado por Che. Nada disso consta nas biografias escritas por aqueles que utilizam o próprio Fidel Castro como fonte. Algo como falar de Hitler usando apenas os relatos de Goebbels. A ignorância acerca destes fatos explica parte da idolatria a Che Guevara.

Os cidadãos de Cuba não têm o direito de ir e vir. Não têm a opção de viver em outro lugar. Pessoas que se opõe ao regime ou que tentam deixar o país são presas e, em passado não muito distante, muitas foram executadas ou morrem de fome nas prisões. Isto transforma a ilha de Cuba no maior campo de concentração jamais existente na história. O artigo 215 do Código Penal de Cuba pune tentativas de saída do território nacional sem a autorização prévia do governo com até oito anos de prisão. Se algum cidadão tenta levar alguma embarcação ou aeronave para escapar – o que é necessário, já que todas são propriedade do Estado e estão estritamente controladas – a pena é elevada a vinte anos de cadeia ou à morte. Ao longo de décadas, milhares de cubanos têm sido aprisionados, em condições horríveis, devido a esses assim chamados “crimes”. Ainda hoje, conhecem-se vários presos políticos que cumprem longas sentenças por tentarem escapar de sua pátria.A população Cubana vive em condição de miserabilidade e depressão, embora não lhe falte o mínimo para sobreviver, garantido pelo governo, enquanto os irmãos Castro e a elite do governo vive em condições de primeiro mundo.

Existem hospitais diferenciados para o povo e a elite. Existe comércio livre em Cuba, mas é voltado apenas para os turistas e os membros do "partido único" (suprema ironia dos regimes comunistas totalitários, pois, "partido" quer dizer justamente "parte" e não "todo"), pois nestes estabelecimentos só é possível comprar com dólares. Em resumo, o que existe em Cuba é um Capitalismo de Estado, no qual os membros do governo são os únicos a possuir privilégios que são vedados à população.Cuba não é um paraíso socialista. Quem vai à Cuba a turismo pode presenciar o verdadeiro apartheid turístico que sofre a população cubana, que é proibida de frequentar praias turísticas, de entrar em hotéis, restaurantes e até mesmo em cidades inteiras, como ocorre em Varadero e Cayo Coco. Some-se à isso que muitos serviços estão reservados apenas aos estrangeiros, como o acesso à internet e a possibilidade de comprar certos medicamentos e ter tratamentos específicos nas clínicas internacionais.

Enquanto isto a elite política cubana vive em condições de vida semelhante às classes mais privilegiadas dos países capitalistas. Fidel e sua família vivem nababescamente. A fortuna pessoal de Fidel Castro é calculada em 900 milhões de dólares, o que supera a de muitas realezas da Europa. Fidel possui inúmeras e enormes propriedade em Cuba, a principal fica no chamado "marco zero", um complexo de 45 residências, onde seus filhos e netos são obrigados a viver, sendo proibidos de morar em outro lugar em Cuba e de sair de Cuba, não conhecem o resto do mundo, justamente para não terem a tentação de querer deixar Cuba. Lula conhece muito bem como vive Fidel, pois o tem visitado inúmeras vezes e, muito provavelmente, tem as mesmas aspirações para si mesmo e seus partidários. Como é possível que depois de 54 anos de opressão, tirania, abusos, torturas e excessos contra um povo indefeso, existam líderes eleitos democraticamente que estejam dispostos a trair seu povo e a querer copiar tal sistema abjeto?

Complexo residencial de Fidel Castro - Imagem do Google
    Os Médicos Cubanos

A principal faculdade de medicina de Cuba fica na ELAM, Escolas de Las Américas, que forma os médicos destinados a atender a elite cubana. Mas não são aí que são formados os chamados "médicos internacionalistas" que são formados aos milhares por "cursos de formação acelerada". Do contrário, como seria possível Cuba exportar médicos aos milhares?. A população de Cuba é semelhante à do Rio Grande do Sul. As cerca de dez faculdades de medicina do RS formam em torno de mil médicos por ano. A formação destes "médicos internacionalistas" cubanos equivale à de um enfermeiro no resto do mundo. Quem afirma isto é o Ministro da Saúde o Paraguai. Equivalem aos chamados "médicos de pé-no-chão", formados na África para atuar em situações de pobreza extrema. São preparados para dar assistência primária: fazer curativos, aplicar injeções, realizar pequenas cirurgias, tratar doenças básicas como gripes e resfriados, ferimentos, etc. Como forma de propaganda do regime, Cuba tem oferecido bolsas de estudo para os países favoráveis ao regime (Venezuela, Brasil, Bolívia), com um detalhe, estas bolsas só podem ser concedidas a membros dos partidos políticos dos governos que apoiam Cuba. Em função disto, em 2006 o PT abriu seleção para candidatos a estas bolsas para estudar medicina em Cuba exclusivamente para membros do PT e seus familiares ou amigos. Não foi um concurso aberto. Os beneficiados com estas bolsas, filhos de deputados, vereadores, senadores petistas e outros filiados, se formaram em 2012 e querem voltar para o Brasil, mas não conseguem ser aprova dos no exame Revalida. A solução foi criar a farsa da importação de médicos cubanos com a desculpa de suprir postos de trabalho que os médicos brasileiros não querem ocupar. Para isto seria necessária a licença automática para estes médicos atuarem no Brasil sem prova revalidação de diploma. Obviamente estes postos não serão ocupados pelos filhos do PT, mas pelos internacionalistas, os filhos do PT certamente serão alocados em excelentes empregos dentro do próprio governo.
Paciente em leito hospitalar no Hospital Clínico Cirúrgico de Havana
                                    
Os pré-requisitos definidos por Cuba (os dois primeiros) e pelo PT (os dois últimos) para participar da pré-seleção são:

- ter no máximo 25 anos no momento de iniciar o processo seletivo;
- ter concluído o ensino médio (ou equivalente), com obrigatoriedade das matérias de Biologia, Física e Química em todos os anos;
- ter estudado todo o período escolar em escola pública;
- ter no mínimo 2 (dois) anos de filiação partidária e apresentar carta de recomendação de instância partidária, ou seja, setorial, diretório ou comissão executiva de âmbito municipal, estadual ou nacional. Esclarecemos que não se trata de recomendação de um membro da instância, mas sim recomendação aprovada em reunião da instância partidária.

Para que Cuba "ceda" estes médicos os governos dos países simpatizantes ao regime precisam pagar uma certa quantia ao regime de Fidel, ou seja, é uma forma de financiar a elite do regime ditatorial de Cuba, que não tem outras formas de obter recursos em dólar. Em resumo, os "médicos internacionalistas" cubanos são uma espécie de mão de obra escrava cedida na forma de mercadoria. Após dois anos de prestação de serviços em outros países devem voltar a Cuba. Para garantir isto, suas famílias são mantidas em Cuba como reféns. Para todo cidadão de Cuba qualquer oportunidade para sair da ilha presídio é uma chance de ouro. Qualquer remuneração ou estilo de vida é melhor do que podem levar em Cuba. O salário de um médico em Cuba é equivalente a 20,00 dólares, pouco mais do que 40,00 reais. O mundo inteiro sabe que Cuba exporta escravos para trabalhar em outros países. O esquema é simples. O profissional recebe um salário de fome no país onde trabalha, enquanto o governo paga a diferença diretamente aos Castro. É o que acontece na Venezuela. É o que vai acontecer no Brasil, se importarmos médicos cubanos. Cuba não faz caridade. Cuba é o mais capitalista dos países na hora de usar seres humanos como escravos para suprir os seus problemas de caixa. O governo cubano cobra U$ 11,4 mil por mês por médico cedido ao governo chavista. No entanto, estes médicos recebem apenas U$ 230 mensais na Venezuela, mais uma ajuda de U$ 46 dólares para a família, paga diretamente em Cuba. São 45 mil médicos que geram uma receita anual para a ditadura dos Castro de cerca de U$ 4,5 bilhões por ano. Se fosse no Brasil, ao dólar de hoje, cada médico cubano custaria R$ 23 mil mensais, mas ficaria com o equivalente a um salário mínimo por mês.

O Revalida

Todo país que se presa possui uma prova de Revalidação de Diploma para médicos estrangeiros que queiram atuar no país, no Brasil esta prova se chama Revalida, que é uma prova de conhecimentos mínimos. Menos de 11% dos médicos cubanos conseguem ser aprovados nesta prova. Dos 182 médicos formados em Cuba, que fizeram o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos em 2012, apenas 20 (10,98%) foram aprovados. São o pior grupo. Dos 26 não cubanos de língua espanhola, foram aprovados cinco (19,15%); Dos oito portugueses foram aprovados três (37%).

Faltam Médicos no Brasil?

Não. O Brasil não precisa importar médicos. Existem hoje no Brasil cerca de 350.000 médicos (1 medico para cada 543 habitantes).  Numero até por demais, suficiente, ou melhor, excedente segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) que aconselha 1(um) profissional da medicina para cada 1000 (mil) habitantes. E atualmente o Brasil forma 16,5 mil médicos por ano em 183 escolas, destas 79 publicas (48 federais, 24 estaduais e 7 municipais) e 104 privadas.O que nos falta é infraestrutura básica: ambulatórios, hospitais, profissionais paramédicos, equipamentos, medicamentos e material básico, falta desde gaze, esparadrapo, seringas, antissépticos, esfigmomanômetros (para medir a pressão), estetoscópios, até aparelhos de raio-X e laboratórios de análises clínicas, mesmo para realizar um simples hemograma. Ou seja, mesmo que muito bem pago, um médico sozinho em certas regiões do Brasil sem investimentos básicos de saúde não pode fazer praticamente nada, nem sequer curativos ou aplicar injeções e curativos. E porque não em vez de aumentar o numero de diplomados anualmente, aproveitar esse grande contingente que está  anualmente se graduando e os colegas que já estão ai trabalhando, a maioria atendendo precariamente no Programa de Saúde Familiar (PSF) criado pelo Ministério da Saúde em 1994?  São 14.770 postos inseridos no PSF com muita “fartura”, porque em muitos deles “fartam” médicos, enfermeiros, auxiliar de enfermagem, agentes de saúde, equipamentos básicos, materiais para curativo, remédios etc.

Depoimento de um Médico Brasileiro formado em Cuba com diploma revalidado regularmente:

"Sou médico brasileiro formado em Cuba, revalidei meu diploma como manda a lei. Trabalhei durante alguns anos em pequenas cidades do nordeste brasileiro, agora vivo e trabalho em São Paulo. É impossível exercer a medicina no interior do país sem revoltar-se com as condições de trabalho, hospitais sucateados, postos de saúde precários, falta de exames, sem contar com a instabilidade de emprego, se mudar o prefeito pode pegar sua mala e procurar outra cidade pra morar. Ficar de cara com a corrupção nestes lugares é degradante, prefiro ganhar menos e trabalhar com dignidade em grandes centros. O povo e leigos no assunto acham que um médico fará muita diferença nestes casos. A vinda de médicos estrangeiros deve acontecer dentro da lei, com diplomas revalidados, de qualquer nacionalidade, porém nenhum medico enfrentará essa árdua tarefa para se submeter a penúria que é trabalhar no interior. A verdade é que o principal interesse deste assunto aos prefeitos e ao governo federal é puramente eleitoreiro, dar um falso ar de melhoria a saúde sucateada e jogada ao lixo – grande pedra no sapato do governo Dilma."

Manipulação de Estatísticas:

A "impressionante" mortalidade infantil cubana é mantida artificialmente baixa pelas trapaças estatísticas do Partido Comunista e por uma taxa de aborto verdadeiramente pavorosa: 0,71 abortos para cada feto nascido vivo.  Essa é, de longe, a taxa mais alta do hemisfério.  Em Cuba, qualquer gestação que sequer insinue alguma complicação é "terminada".

Também digno de nota, de acordo com a Associação dos Médicos e Cirurgiões Americanos, a taxa de mortalidade das crianças cubanas com idade entre um e quatro anos é 34% maior do que a dos EUA (11,8 versus 8,8 por 1.000).  Mas estes números - por uma questão de critério - não figuram nas notórias "taxas de mortalidade infantil" da ONU e da Organização Mundial de Saúde.  Portanto, não há pressão sobre os médicos cubanos para que eles falsifiquem esses números - por enquanto.

Em abril de 2001, o Dr. Juan Felipe García, de Jacksonville, Flórida, entrevistou vários médicos que haviam desertado recentemente de Cuba.  Baseado no que ouviu, ele declarou o seguinte: "Os números oficiais da mortalidade infantil de Cuba são uma farsa.  Os pediatras cubanos constantemente falsificam os números a pedido do regime.  Se um bebê morre durante seu primeiro ano de vida, os médicos declaram que ele era mais velho.  Caso contrário, tal lapso pode custar-lhe severas punições, além do seu emprego."

Postado por Rubens Mário Mazzini Rodrigues em 8 junho 2013 às 23:30 - Grupo Genesis

domingo, 23 de junho de 2013

Adeus copa 2014, Lula, Dilma! Adeus PT

Manifestantes conseguiram. Reunião emergencial discute não só a Copa das Confederações, já que faltam só nove dias para acabar. Mas o próprio Mundial de 2014. A Fifa pode tirar a Copa do Brasil. Estados Unidos virariam plano B...


O medo de Dilma Rousseff e do Governo brasileiro é enorme.
Na reunião emergencial que acontece em Brasília, o tema é futebol.
E vai muito além da Copa das Confederações.
Mas a própria Copa do Mundo de 2014.
Para terminar o torneio laboratório, Dilma e os governadores dão garantia.
Vão reforçar ainda mais a segurança nos hotéis onde estão as delegações.
E principalmente os membros da Fifa.
Assim como seus trajetos pelo País serão monitorados.
Restam exatos nove dias para a competição acabar.
São apenas oito seleções envolvidas.
Quatro já irão embora depois deste final de semana, eliminadas.
Japão, México, Taiti e Nigéria.
Ficarão Brasil, Espanha, Itália e Uruguai.
Só quatro equipes por mais uma semana.

O grande problema é mesmo a Copa do Mundo.

A rejeição só cresce à competição de R$ 30 bilhões.
Envolve 32 seleções.
A proteção de 32 delegações espalhadas pelo País.
Torcidas do mundo todo.

Doze nova arenas caríssimas, com 80% de dinheiro público.

Elefantes brancos como Cuiabá, Manaus, Natal e Brasília.
Onde o futebol competitivo, de elite, não existe.
Há a garantia de que os estádios ficarão vazios durante o ano todo.
Pelo menos R$ 2 milhões irão para o lixo por ano só na manutenção do quarteto.

As obras de mobilidade social não saíram do papel.

As cidades sedes de jogos decretam feriados para os torcedores chegarem nos estádios.
Mesmo assim é um transtorno.
Se perde pelo menos duas horas.
Isso sem os manifestantes atrapalhando.

Os aeroportos não foram modernizados, como prometido.

Não haverá legado algum.
A não ser estádios superfaturados.
E um gasto desnecessário de R$ 30 bilhões.
O cenário só tende a piorar nos próximos 12 meses.

Parte da população percebeu o desperdício.

A prioridade dos gastos deveria ser para a saúde, educação, segurança.
A Fifa quer do Governo brasileiro a garantia sobre a Copa do Mundo.
É o principal evento da entidade.
Mais de 150 países acompanham a competição.
E todos pagando caro pela transmissão.
Patrocinadores bilionários estão envolvidos.

Não há a felicidade prometida.

A rejeição ao mundial já afeta as marcas.
O Fuleco, triste tatu símbolo do mundial, é atacado pelo País.
Passaram a ser destruídos em uma mensagem clara da revolta com o Mundial.

Os R$ 30 bilhões gastos pelo Brasil são ínfimos perto de todo envolvimento.

Um ano é prazo mais do que suficiente para um plano emergencial.
Para que um país rico assuma a competição.
Como os sempre generosos Estados Unidos.
A possibilidade de ter um plano B virou obsessão para a Fifa.
Os países vivem grande convulsão social.
Isso foi levado em conta na escolha das três sedes das próximas Copas.
Brasil, Rússia e Catar deveriam ser opções seguras.
De acordo com jornalistas ingleses, houve três critérios na seleção.
Terem governos seguros, estáveis.
Imprensa fraca, omissa.
E, principalmente, populações dóceis como carneiros.

Quando Lula se envolveu na questão tinha outros objetivos.

Era 2007.
Ele tinha a certeza de que se conseguisse o Mundial o efeito colateral seria fantástico.
A Copa do Mundo cai em anos eleitorais.
Depois de dois mandatos no cargo, ganhar a Copa garantiria Dilma em 2010.
Como garantiu.
E também em 2014.
Ou seja, mais oito anos de poder do PT.
Seriam 16 anos de domínio.
Subestimou a visão da população.
Nunca imaginou a revolta diante do custo absurdo de uma competição de 30 dias.
Tanto que sumiu do noticiário de propósito.
Não sabe como se colocar em relação à revolta popular.

A Fifa não quer saber.

Aqui em Salvador as pedras dos manifestantes já acertam seus carros.
Assim como houve ontem uma tentativa de invasão ao hotel onde seus membros estão.
Joseph Blatter passou pelo maior vexame como presidente da entidade em Brasília.
Nunca teve a abertura de uma competição vaiada pela torcida.
O vexame que passou ao lado de Dilma pode ser esquecido.

Mas não os bilhões que a Fifa já contabilizava como lucro pela Copa.

A quantia divulgada seria de R$ 5 bilhões.
Mas há a certeza da imprensa internacional que o ganho será bem maior.
As delegações que estão na Copa das Confederações estão tensas.

O Brasil foi vendido como um país de gente pacífica, dócil.

Com mulheres bonitas, alegres, sempre dispostas a festas.

A maior preocupação com a família dos jogadores era o ciúme.

Não poderiam imaginar encontrar manifestantes raivosos.

O futebol foi associado à corrupção, ao descaso do governo com a população.

Os jogadores acompanham assustados os protestos.
A população invadindo as ruas e os governantes sem saber o que fazer.
Não bastasse isso, vexames tradicionais.
Como jogadores da Espanha terem seu dinheiro roubado em hotéis brasileiros.

Repórter inglês que cobriu a reabertura do Maracanã escapou de assalto com faca.


Equipe brasileira que trabalha para o Japão teve suas câmeras furtadas em Porto Alegre.


Fotógrafo japonês viu seu material ser roubado em pleno gramado de Brasília.


Susana Werner anunciando ao mundo pelo twitter que foi roubada,

Com arma apontada para sua cabeça em Fortaleza.
Susana é esposa do goleiro titular da seleção brasileira, Júlio César.

Os jogadores de fora estão pedindo para seus familiares irem embora,

Antes mesmo do torneio acabar.

De acordo com jornalistas espanhóis é o que acontece com Shakira.

Mal ela desembarcou com o filho de Piqué, Milan, no Rio.
E já ouviu que é melhor irem embora por causa dos conflitos,
No seu jato particular que os trouxe.

Índios foram expulsos para a construção do novo Maracanã.

E colocados em abrigos para mendigos.

Mais um escândalo internacional.


Os roubos se acumulam nos estádios.


Assim como a repressão violenta da polícia aos manifestantes.

A violência já havia espantado os turistas da Copa das Confederações.

Menos de 3% compraram ingressos para os jogos.


Mais do que um fracasso, um aviso.


O Brasil passou a ser país perigoso, não recomendado.

As autoridades brasileiras não enxergaram o óbvio.
E se prepararam para receber os turistas que não apareceram.

Vários taxistas desonestos continuam trabalhando nas sedes da Copa das Confederações.

Principalmente nos aeroportos.

Os hotéis aumentaram absurdamente o preço de seus quartos.

Os explorados são os próprios torcedores brasileiros que acompanham o torneio.

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, jurou que fecharia os hotéis aproveitadores.

Bravata que não levou a nada.

Eles continuam fazendo a festa, sangrando os nativos.


Os estrangeiros não vieram.


Nos estádios, seguranças imploram para jornalistas.

Pedem que não saiam sozinhos para tentar tomar táxi.
Os assaltos são comuns perto das arenas.

A situação é vergonhosa.


Foi assim em Brasília, Fortaleza e em Salvador.


O medo domina a Copa das Confederações.


A repressão policial é cada vez mais violenta.

Mistura raiva e despreparo.
Com tiros de borracha dados a esmo.
Spray de pimenta e bombas de efeito moral à vontade.

Mesmo assim é possível levar a Copa das Confederações até o final.

Cancelá-la traria a certeza de desistir do Mundial.
O governo quer mantê-la de qualquer maneira.

Não há como garantir a Copa.


O interessa à Fifa é o acordo assinado com o governo brasileiro.

O comprometimento com o Mundial.

Há uma multa caríssima se o Brasil desistir.

Tudo está assinado desde 2007, pelo então presidente Lula.
Mas ele e Blatter não previam manifestações.

Há a possibilidade de que os dois lados optem pela desistência.

A Fifa também não vai querer organizar uma competição rejeitada pela população.

Foi o caso da Colômbia em 1982.

O governo se negou a construir 12 novos estádios exigidos pela entidade.
Os da primeira fase deveriam ter 40 mil pessoas.
Os da segunda fase, 60 mil
E os da decisão da competição, 80 mil.

Os colombianos alegaram não ter condição financeira.

A Fifa alegou falta de segurança.
E a competição voltou foi para o México, em 1986.
A decisão da Colômbia aconteceu quatro anos antes do Mundial.

Pela avaliação prévia de pessoas ligadas à Fifa, só há uma opção.

Que possa abrigar a Copa em apenas 12 meses,seriam os Estados Unidos.
Com estádios modernos e sem grandes problemas de mobilidade social.

Há a crise financeira.

Ela poderia ser até um atrativo, já que a competição levaria dinheiro.

Para Dilma o fracasso seria imenso.

Com reflexo contrário à eleição, sonhado por Lula.

Mas a Fifa não está brincando.

Joseph Blatter diante de tanta pressão foi para a Turquia.

Começa hoje o Mundial sub-20.

Ele não quis ficar para acompanhar a Copa das Confederações.
Mas sabe tudo o que está acontecendo.
As ordens são claras, se não tiver condições que cancele.

Não só o torneio como o Mundial do Brasil.

Os manifestantes estão conseguindo ir além do que sonhavam.
Não é só a Copa das Confederações que está em risco.
Mas o próprio Mundial por aqui.

Como pelo rodízio deve ser mantida na América...

Os Estados Unidos poderia surgir como plano B.

Sim, a Copa do Mundo de 2014.

Aquela que Lula e Ricardo Teixeira trouxeram vibrando para o Brasil.
Teixeira sonhava que, com ela, comandaria a Fifa.

Acabou exilado em Boca Raton.

E o futuro de Lula e Dilma depende do futebol.
Não como sonhava o ex-presidente.

Os protestos devem ser ainda maiores até o final da Copa das Confederações.

O que será péssimo para o governo federal.
E piorar sua relação com a Fifa, que está por um fio.

Foi muito bem escolhido o lema dos manifestantes.

"O gigante acordou..."

(Como havia sido publicado...

A Fifa confirma a continuação da Copa das Confederações.
Só faltam nove dias e poucas seleções para serem protegidas.
Desmentiu o que inúmeros jornalistas comentam pelas sedes.
Que times desejam desistir da competição.

Mas a Copa do Mundo no Brasil continuará sendo objeto de estudo.

Tudo dependerá do arrefecimento dos protestos ou não.

A situação não é nada simples.

Muito pelo contrário.

Os manifestantes estão conseguindo mais do que imaginam...)

Fonte: R7

segunda-feira, 17 de junho de 2013

PRA QUE SERVEM AS LEIS?

A GRANDE AULA DE DIREITO

Uma manhã, quando nosso novo professor de "Introdução ao Direito" entrou na sala, a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila:
- Como te chamas?
- Chamo-me Juan, senhor.
- Saia de minha aula e não quero que voltes nunca mais! - gritou o desagradável professor.
Juan estava desconcertado. Quando voltou a si, levantou-se rapidamente, recolheu suas coisas e saiu da sala.
Todos estávamos assustados e indignados porém ninguem falou nada.
- Agora sim! - e perguntou o professor - para que servem as leis?...
Seguíamos assustados porém pouco a pouco começamos a responder à sua pergunta:
- Para que haja uma ordem em nossa sociedade.
- Não! - respondia o professor.
- Para cumpri-las.
- Não!
- Para que as pessoas erradas paguem por seus atos.
- Não!!
- Será que ninguém sabe responder a esta pergunta?!
- Para que haja justiça - falou tímidamente uma garota.
- Até que enfim! É isso... para que haja justiça. E agora, para que serve a justiça?
Todos começávamos a ficar incomodados pela atitude tão grosseira. Porém, seguíamos respondendo:
- Para salvaguardar os direitos humanos...
- Bem, que mais? - perguntava o professor.
- Para diferenciar o certo do errado... Para premiar a quem faz o bem...
- Ok, não está mal porém... respondam a esta pergunta: agi corretamente ao expulsar Juan da sala de aula?...
Todos ficamos calados, ninguém respondia.
- Quero uma resposta decidida e unânime!
- Não!! - respondemos todos a uma só voz.
- Poderia dizer-se que cometi uma injustiça?
- Sim!!!
- E por que ninguem fez nada a respeito? Para que queremos leis e regras se não dispomos da vontade necessária para praticá-las?
- Cada um de vocês tem a obrigação de reclamar quando presenciar uma injustiça. Todos. Não voltem a ficar calados, nunca mais!
- Vá buscar o Juan - disse, olhando-me fixamente.
Naquele dia recebi a lição mais prática no meu curso de Direito.
Quando não defendemos nossos direitos perdemos a dignidade e a dignidade não se negocia.

Autor desconhecido


Fonte: Facebook Mário Marcio Von Brenner

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Operação NETTRAVELER


O programa malicioso NetTraveler Toolkit infectou 350 vítimas de alto nível para roubo de dados e espionar

"Operação NetTraveler", campanha global de ciberespionagem dirigida a organizações governamentais e Institutos de Pesquisa

"Operação NetTraveler", campanha global de ciberespionagem dirigida
a organizações governamentais e Institutos de Pesquisa


São Paulo, 6 de Junho de 2013 – A equipe de especialistas da Kaspersky Lab acaba de anunciar a descoberta do NetTraveler, uma família de programas maliciosos usados em ataques APT (sigla em inglês para Advanced Persistent Threat – que se refere a um grupo com capacidade e intenção para atingir um alvo/entidade específica) aptos a comprometer com sucesso mais de 350 vítimas em 40 países. Os alvos do NetTraveler foram tanto do setor público quanto privado, incluindo instituições governamentais, embaixadas, indústrias de petróleo e gás, centros de pesquisa, prestadores de serviços militares e ativistas.

De acordo com o relatório da Kaspersky Lab, essa ameaça atua desde o começo de 2004, no entanto, o período de maior atividade ocorreu entre 2010 e 2013. Recentemente, os principais alvos de ciberespionagem dos criadores do NetTraveler são entidades de exploração do espaço, nanotecnologia, geração de energia, energia nuclear, lasers, medicina e comunicações.

Método de infecção:

· A disseminação acontecia por meio de e-mails inteligentes de phishing com anexos maliciosos no formato do Microsoft Office que utilizando duas  vulnerabilidades conhecidas (CVE-2012-0158 e CVE-2010-3333). Embora a Microsoft já tenha publicado os pacotes de correções para elas, as vulnerabilidades ainda são amplamente usadas em ataques direcionados e têm se provado altamente eficazes.

·  Os títulos dos anexos maliciosos retratam o esforço obstinado do grupo NetTraveler em personalizar os ataques a fim de infectar perfis específicos. Alguns exemplos incluem:

o   Army Cyber Security Policy 2013.doc
o   Report - Asia Defense Spending Boom.doc
o   Activity Details.doc
o   His Holiness the Dalai Lama's visit to Switzerland day 4
o   Freedom of Speech.doc

Roubo e vazamento de dados:

· Durante a análise da Kaspersky Lab, a equipe de especialistas obteve registros de infecção de vários servidores de controle e comando (C&C) do NetTraveler. Eles são usados para instalar outros malware nas máquinas infectadas e extrair dados roubados. Os especialistas da Kaspersky Lab calculam que a quantidade de dados roubados e armazenados nos servidores do NetTraveler passam de 22 gigabytes de informações.

·  Os dados extraídos das máquinas infectadas normalmente incluem listas de arquivos do sistema, keyloggs e outros vários tipos de arquivos, como PDFs, planilhas Excel, documentos do Word, arquivos do CorelDraw e projetos do AutoCAD. Além disso, o NetTraveler foi capaz de instalar um malware que rouba informações adicionais como um backdoor, e pode ser personalizado para roubar outros tipos de informações sensíveis, tais como detalhes de configuração para um aplicativo ou arquivos de projetos.

Estatísticas global de infecção:

·  Com base na análise C&C do NetTraveler, a Kaspersky Lab identificou um total de 350 vítimas em 40 países, que incluem os Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Rússia, Chile, Marrocos, Grécia, Bélgica, Áustria, Ucrânia, Lituânia, Belarus, Austrália, Japão, China e Hong Kong, Mongólia, Irã, Turquia, Índia, Paquistão, Coréia do Sul, Tailândia, Catar, Cazaquistão e Jordânia. Na América Latina foram registradas vítimas no Chile e em Suriname.

· Em conjunto com os dados da análise C&C, os especialistas da Kaspersky Lab usaram a Kaspersky Security Network (KSN - tecnologia de proteção híbrida na nuvem) para identificar estatísticas de infecção adicionais. Os dez países com vítimas detectadas pela KSN foram Mongólia seguido por Rússia, Índia, Cazaquistão, Quirguistão, China, Tajiquistão, Coreia do Sul, Espanha e Alemanha.

Descobertas adicionais

Os especialistas da Kaspersky Lab identificaram também seis vítimas que tinham sido alvos tanto do NetTraveler quanto do Outubro Vermelho, outra operação de ciberespionagem descoberta pela Kaspersky Lab em janeiro desse ano. Embora não se observe ligações diretas entre os ataques, o fato de que as vítimas específicas foram infectadas pelas duas campanhas indica que elas são alvos de múltiplos ataques e suas informações são valiosas para os atacantes.

Para acessar a análise completa feita pela Kaspersky Lab visite o SecureList.

Fonte: DefesaNET

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Vírus Zeus volta a atacar, mas agora pelo Facebook

Desde a sua criação, muitas variações surgiram. Cada versão tinha como objetivo escapar da detecção dos antivírus, mas o objetivo do Cavalo de Troia continuou basicamente o mesmo: roubar dados de contas bancárias.
Apesar de o vírus ser antigo, ele ainda se propaga pela rede. Assim que o Zeus infecta uma máquina, ele se mantém dormente até que a vítima acesse um site de banco. Isso desperta a praga, que rouba senhas e dados de acesso.
Zeus (também conhecido como ZBOT) é tão poderoso que pode, até mesmo, substituir a página da instituição financeira com o objetivo de ludibriar as pessoas a entregarem os seus dados.

Zeus atacando pelo Facebook

Parece que, mesmo depois de tanto tempo, o vírus Zeus ainda não parou de incomodar. A nova versão da praga virtual agora ataca a partir do Facebook. De acordo com um relatório divulgado pela Trend Micro, os ataques do Zeus se intensificaram e atingiram o seu pico em maio deste ano.
Eric Feinberg, fundador do grupo Fans Against Kounterfeit Enterprise (FAKE), percebeu um aumento no número de links maliciosos em páginas populares do Facebook, como uma fanpage da N.F.L. (Liga Nacional de Futebol dos Estados Unidos), que direciona os usuários a uma rede de computadores pirata controlada por criminosos russos, que acaba disseminando o vírus.
Feinberg diz que essa é apenas uma de muitas páginas do Facebook com o mesmo objetivo, e diz que já entrou em contato com a rede social para tentar encontrar uma solução para o problema. Ele também afirma que é preciso ter muito cuidado na rede, pois é muito fácil criar um perfil falso.
Já vimos algo parecido recentemente, quando uma página falsa alegava sortear iPhones na rede social.

Como se proteger

Para escapar desse tipo de problema, é preciso, antes de tudo, uma boa dose de bom senso. Evite acessar páginas suspeitas no Facebook e, principalmente, não saia clicando em todos os links que aparecem na sua linha do tempo.
O Facebook disponibiliza uma página que traz diversas informações de segurança e dicas de como se proteger contra fraudes. Além disso, se você acredita que o seu perfil ou os seus dados possam ter sido comprometidos, é possível proteger a sua conta.
Além disso, como existem milhares de perfis ativos na rede, a empresa pede que os usuários reportem qualquer conta ou página suspeita. Essa tarefa ficou um pouco mais fácil agora que o Facebook possui um sistema para a verificação de contas.
 
Manter o antivírus do seu computador sempre atualizado também é muito importante para garantir a integridade dos seus dados. Se você não possui um antivírus instalado em sua máquina, clique aqui para encontrar muitas opções gratuitas e eficientes.

A Trend Micro informa que o vírus Zeus ou ZBOT costuma criar duas pastas com nomes aleatórios na pasta %Applications Data%. Enquanto uma delas contém uma cópia do ZBOT, a outra carrega dados criptografados. Se você possui um pouco mais de experiência, pode fazer essa verificação manualmente.

Pipoca: um estouro em antioxidantes e fibras

Estudo recém-saído do forno - ou seria da panela? - mostra que esse verdadeiro blockbuster das sessões de cinema concentra mais certos antioxidantes do que frutas e verduras. Sem contar a quantidade de fibras.
 
 
Recomendação de consumo diário 20g ou 1 xícara e meia (chá)
 
Um punhado de milho, um fiozinho de óleo e uma panela no fogo... Voilà! Bastam alguns minutos - e muitos "pops" - para a combinação resultar em massas brancas, pequenas e bem macias. É a famosa pipoca. Vira e mexe no centro de acaloradas discussões, ela costuma ser acusada de ser um tanto quanto traiçoeira para a saúde. A presença de gordura e o fato de nos incentivar a extrapolar nas pitadas de sal estão entre as principais queixas. No que depender da ciência, entretanto, a má fama está com os dias contados.

É que, se preparada corretamente - não vale apelar para a praticidade da versão de micro-ondas -, ela é uma explosão de benefícios, informação reforçada por um estudo recente da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos. Segundo o time de cientistas, pasme, a pipoca reúne mais certos antioxidantes do que uma porção de frutas e verduras. Ou seja: ela seria uma aliada ardilosa na guerra contra os radicais livres, aquelas moléculas instáveis e perigosas que atacam as células e provocam desastres que vão de envelhecimento precoce a câncer. "Isso se deve à diferença entre a quantidade de água encontrada na pipoca, que é de 3 a 5%, e a detectada nos vegetais, que chega a 90%", informa Joe Vinson, líder do trabalho. Na prática, esses valores referentes à umidade revelam que no subproduto do milho os compostos fenólicos - benditos antioxidantes! - ficariam concentrados, enquanto nas outras classes alimentares eles apareceriam mais diluídos. "A pipoca é o único snack formado 100% pelo grão. Já os antioxidantes encontrados em outros produtos à base de sementes integrais, por exemplo, são removidos ou sofrem degradação durante o processamento."

Só para você saber - e não morrer mais de raiva -, as substâncias protetoras da saúde estão na casca, aquela capa que teima em ficar agarrada nos dentes. E, se o milho que levar para casa der origem a uma pipoca naturalmente amarela ou creme, bingo! Sinal de que a parte fofinha do alimento é ainda fonte de carotenoides. "Essas substâncias também atuam como antioxidantes e, no corpo, são convertidas em vitamina A", ensina a cientista de alimentos Maria Cristina Dias Paes, da Embrapa Milho e Sorgo, em Sete Lagoas, no interior de Minas Gerais. A transformação é ótima para o sistema imunológico e para os olhos, que ficam blindados contra degeneração macular relacionada à idade.

Apesar de grudenta, a casca da pipoca está cheia de atributos. Afinal, nela também estão doses generosas de fibras, substâncias que contribuem para a formação do bolo fecal. "Para eliminá-lo com maior facilidade, é necessário aumentar o consumo de água", lembra a nutricionista Viviane Piatecka, do Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região. O melhor é que o papel das fibras não fica restrito a dar um empurrão ao funcionamento do intestino. Elas também são reverenciadas por tornar a digestão mais lenta, prolongando, assim, a sensação de barriga forrada - uma vantagem e tanto para quem quer derrubar o ponteiro da balança.

Já na parte fofa e geralmente branca dessa pequena notável fica guardado outro amigão do organismo: o amido resistente. O nome, convém dizer, não foi dado à toa. Isso porque ele passa praticamente intacto pelo aparelho digestivo. Só no intestino grosso é que micro-organismos da flora o transformam em ácidos graxos de cadeia curta. "Eles deixam a área mais ácida, favorecendo a proteção contra células cancerosas. Por isso, o consumo de amido resistente tem sido associado à redução do risco de tumores no órgão", detalha Maria Cristina, da Embrapa.

Mas não vá achando que o sinal está verde para se entupir com a pipoca vendida no cinema ou a industrializada para micro-ondas. Essas são justamente as que merecem estar no banco dos réus - os motivos você conhece nos quadros à direita. O recomendado para se beneficiar das qualidades do alimento é prepará-lo na boa e velha panela, com só um pouquinho de óleo para não formar uma verdadeira bomba calórica. Se desejar, a gordura pode até ficar de fora da receita. "É só colocar uma porção de milho em um saquinho como aqueles para pão e vedá-lo na ponta. Depois, deixe por alguns minutos no micro-ondas", instrui Eduardo Sawazaki, pesquisador do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), no interior paulista. Está aí um lanche para ninguém botar defeito.

Barreira de proteção
Veja a diferença entre a quantidade de antioxidantes na maçã e na pipoca:

1 maçã média 256 mg x 2 colheres (sopa) do milho de pipoca 300 mg
 
Fotos Alex Silva | ilustrações Thiago Almeida

Fonte: Revista Saúde

terça-feira, 4 de junho de 2013

NASA alerta seus empregados para catástrofe e cria novo pânico do fim do mundo

Você achou que a onda de fim do mundo que assola o início do século 21 havia acabado, quando o mundo não acabou no final de 2012? Você está errado, o negócio continua firme e as pessoas querem por que querem que o mundo acabe.

E não é brincadeira, acaba uma previsão de catástrofe, seja de Nostradamus, seja do calendário Maia, seja uma previsão da mãe Diná, que convenhamos, tinham o seu lado mitológico e por isto nem todos podiam levar a sério e o que aconteceu? O mundo não acabou… ainda.

Mas e quando a previsão de catástrofe vem de uma das agências científicas mais bem equipadas e mais bem informadas do mundo, e até mesmo do que há do lado de fora deste mundo, como a coisa fica?

Gera um clima de insegurança e é um prato cheio para quem gosta de esperar o fim do mundo. Junte-se a isto vídeos bem preparados e colocados no Youtube, e pronto, desta vez parece que é verdade e o mundo vai mesmo acabar, pior, é em breve mas sem data marcada.

Não é brincadeira não, a NASA reforçou um aviso que outras agências militares dos Estados Unidos estão fazendo para os seus subordinados, ' preparem-se para uma catástrofe eminente nos próximos anos', que catástrofe é esta? Nem a NASA e nem os militares americanos revelam nada sobre o assunto.

Um asteroide gigante?

A estrela gêmea do sol que está voltando para perto da nossa estrela trazendo lixo espacial que vai cair na Terra?

Um ataque alienígena?

E dá-lhe Youtube no novo alarde do fim do mundo, isto por que as redes de televisão ainda não atentaram para o negócio, mas quando resolverem lá se vão mais alguns anos de preparativos para aguardar o fim que estará chegando.

E toda essa onda de fim do mundo previsto pela NASA, começou por causa do vídeo (postado logo abaixo) com o diretor da NASA falando de um imprevisto, que pode atingir as famílias dos empregados da Agência e várias informações sobre como se preparar para catástrofes que foram colocadas no site da NASA, para o uso de seus empregados.

Como estes avisos começaram em 2011, o que pensamos é que eles tivessem algo a ver com catástrofes naturais do nosso planeta e/ou com ataques terroristas eminentes na época, por causa do 11 de setembro, no entanto, há quem ache que o perigo vem do espaço.

E você, assistindo aos avisos de catástrofes e alertas da NASA e dos militares americanos, acha que desta vez o fim do mundo está mesmo próximo?
Eis o vídeo


Fonte: GPS Pezquiza

segunda-feira, 3 de junho de 2013

REUNIÃO DOS 120 QUE MANDAM NO MUNDO...

Bilderberg 2013 em Watford – Preliminares

 

Quando vocês estiverem lendo estas linhas, eu já estarei a caminho de Watford, nas proximidades de Londres, para reportar sobre o encontro dos Bilderberg. O que já posso adiantar: as medidas de segurança no entorno do hotel “The Grove” são bastante rígidas e completamente desproporcionais. Há semanas o local e cercanias já são vigiados pela polícia. Cada um que se aproxima deve se identificar e então deve deixar a área. Todas as ruas que levam ao hotel estão impedidas para pedestres durante os próximos dias. Quer dizer, nem ao menos os caminhos públicos para pedestres podem ser mais usados.


A polícia esclarece qual área foi declarada como “entrada proibida”
Até os moradores da vizinhança do hotel são obrigados a passar pelos checkpoints e se identificar. Isso provocou muita revolta e reações furiosas. Eles dizem: “Isso nunca aconteceu em outros eventos no hotel. Isso aqui é o puro estado policial! A seleção inglesa de futebol fica frequentemente concentrada aqui, mas nunca existiu estas barreiras e fiscalização. Agora vêm para cá 120 figurões de todas as partes do mundo e nós não podemos mais se impedimentos para nossas casas ou receber visitas”.
Fúria – Frente ao despotismo estatal contra o próprio povo, tal reação oriunda de qualquer organismo ainda saudável está praticamente banida de nossos “informados” (ou seria lobotomizados?) tatos – NR.
E os próprios integrantes do clube Bilderberg afirmam tratar “apenas” de um encontro privado e por isso não é da conta de ninguém quem ali participa ou o que eles discutem. O contribuinte, porém, recebe a conta pela segurança 24hs com centenas de policiais, mais viaturas e helicópteros. Toda a área de Watford foi declarada como zona impedida, onde vale a lei antiterror. A polícia pendurou cartazes onde o público é informado sobre as restrições.
Hoje acontecem duas reuniões de cidadãos no centro de convenções de Watford, às 18:00 e 20:00hs. Vai ser informado e discutido o que os moradores pensam a respeito e certamente vai ser uma discussão acalorada. Eu estarei presente para sentir os ânimos.
Nunca houve uma restrição tão ampla e total confinamento dos Bilderbergs com maciça presença policial e limitação da liberdade de locomoção para o público. Como nós, observadores, seremos mantidos afastados a grande distância, será muito difícil fotografar e identificar os participantes. Vamos ver se conseguimos tirar algumas fotos das faces criminosas.
Aqui uma entrevista sobre o encontro, da qual participei:



Alles Schall und Rauch, 03/06/2013.